TOURS DE VINOS | VINÍCOLAS DE MENDOZA

CATENA ZAPATA

Vinícola Catena Zapata

A chegada à essa vinícolase dá por uma estrada reta e arborizada, cercada de extensos e bem mantidos vinhedos que aparentam não ter fim. Como pano de fundo, sugem os Andes, com seus picos cobertos de neve e um relevo alto e impotente. Então, no final da estrada, aparece o edifício: algo inesperado e chocante. Uma propriedade de 105 hectares em Agrelo, Luján de Cuyo, na qual pertence à Nicolás Catena, terceira geração de viticultores, foi inaugurada em 2001. A vinícola é uma pirâmide que lembra o Mundo Maya com seus templos, construída com pedras locais dos Andes mendocinos. Templos esses que eram construídos para homenagear os deuses.


Parte dessas pedras foi moída e transformada em pó para ser usada como estoque naturalmente amarelado. A madeira de árvores nativas, como álamos, ipês, salgueiros e videiras, foi utilizada para a construção de enormes portas sólidas e móveis. Tanto no exterior como no interior, estão presentes texturas contrastantes: paredes altas sobre pisos de mármore travertino, pedras cuidadosamente incrustadas contrastando com superfícies suavemente polidas, aço inoxidável polido contra o estoque rústico e, além disso, a tonalidade amarelada com enfática combinacao a outros tons mais neutros – tudo isso gerando um poderoso impacto.


No centro da pirâmide, há uma escada circular que termina em uma clarabóia cônica de vidro, através da qual a luz do sol entra atingindo os cantos mais escuros. A partir do terraço superior, você pode ver toda a paisagem, as plantações em diagonal com vinhedos localizados de modo a obter a melhor exposição solar. Finalmente, Catena Zapata elabora vinhos de grande qualidade utilizando a mais moderna tecnologia.

VINÍCOLAS DE MENDOZA